segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Magia para Prosperidade e a Super Lua

feitiço para prosperidade
kalanchoe ou flor da fortuna
A Super Lua de Novembro está chegando e em tempos que nosso país passa por uma severa crise econômica, política e moral, penso que uma magia para a prosperidade é bem-vinda. 

Eu não vou me alongar explicando a importância e a peculiaridade dessa Lua Cheia de Novembro/2016, mas indico para vocês um excelente artigo, muito esclarecedor e interessante do site Galeria do Meteorito. Não deixem de ler!

Agora vamos ver o material necessário para a Magia que vamos fazer.





Você vai precisar de:

1 vela ungida com azeite de oliva extra virgem;
1 taça/copo com água potável;
1 pedra pequena de citrino ou pirita;
1 incenso de canela;
1 banho preparado com louro, alecrim, anis estrelado e cravo da índia;
1 vasinho com kalanchoe amarela (também conhecida como flor da fortuna).


Como fazer:

Na noite da Super Lua ou seja, dia 14/11/2016, arrume os itens acima ao ar livre (preferencialmente); pode ser numa mesa, no chão, num toco de árvore, como você preferir.

Acenda o incenso e a vela que já foi ungida por você ao lado da taça/copo com água potável.

Pegue o cristal que você escolheu e passe pela fumaça do incenso e por cima da chama da vela enquanto mentaliza seus desejos ligados à prosperidade. 

Depois, coloque a pedra na palma de sua mão receptiva e à luz do luar complete a programação do cristal, colocando-se em estado meditativo e aberto  às poderosas energias lunares. 

Mentalize a força da Lua Cheia abrindo seus caminhos e trazendo prosperidade e fartura para a sua vida. Quando terminar, mantenha o cristal entre suas duas mãos e mais uma vez visualize suas necessidades vindo à realidade. 

Após, enterre o cristal no vasinho com a Flor da Fortuna. Beba a água. 

Durante esse período seu banho de ervas (assim como a água que você bebeu) esteve sendo energizado pela Super Lua e está pronto para ser usado, basta coar.  Molhe-se do pescoço para baixo.

Se possível, evite atividades agitadas após a realização dessa magia. O ideal seria recolher-se para dormir.


Observações:

Para preparar o banho de ervas: assim que a água abrir fervura, desligue o fogo e jogue as ervas dentro da água. Leve assim para o local da realização da magia. Só coe ao final da magia, quando irá tomar o banho. Não se enxugue, deixe-se secar naturalmente.

Cuide do seu vasinho de Kalonchoe com muito carinho. Aqui está um link que vai ensinar à você como cuidar de sua plantinha mágica.

Não se preocupe se o tempo estiver nublado e a Lua encoberta. Mesmo que você não a veja, ela está lá, emanando todo poder e energia que lhe são inerentes. Não desanime. 

Essa poderosa magia pode ser feita em qualquer Lua Cheia. Porém, tendo uma Super Lua à disposição é bom não desperdiçar a oportunidade... a próxima só acontece em 2034!


elaborado e escrito por Nina Drabardi



   


Como usar incensos autoinflamáveis em pó




Como usar os discos de carvão para queimar incenso



sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Banimento - Quebra-Feitiço - Proteção

obsidiana
obsidiana




Hoje, publico uma sugestão de algumas das combinações possíveis para você usar quando quiser elaborar uma magia que tenha como objetivo banimento, quebra de feitiço e/ou proteção. 

A lista é exemplificativa e você não precisa usar todos os materiais mencionados; use quantos a sua intuição indicar.







 
Banimento:
- pedras: obsidiana, turmalina negra, quartzo esfumaçado;
- ervas: cravo, sangue de dragão, pimenta preta (do reino).

Quebra-feitiço:
- pedras: ônix, quartzo incolor, selenita;
- ervas: mandrágora, sálvia, arruda.

Proteção:
- pedras: malaquita, cornalina, âmbar;
- ervas: sândalo, olíbano, artemísia.


Ressalto que todo cristal usado em magias precisa ser previamente limpo, energizado e programado, não esqueça!


escrito por Nina Drabadi


    

Ingredientes Mágicos: substituições

como substituir ingredientes mágicos
trillium

Que as plantas são poderosas e muito usadas em magias, isso todos sabemos. Contudo, nem sempre temos em mãos o ingrediente exato para determinada finalidade ou simplesmente é algo difícil de ser encontrado; ainda mais se a magia vier do lado de lá do mundo... pois é... mas ainda bem que existem as alternativas e substituições.






Abaixo, segue uma pequena lista de possibilidades:


*  A astrantia (flor) pode ser substituída por chá preto em magias pedindo coragem.

* O fruto da sorveira pode ser substituído por gengibre em magias para obter sucesso.

* O benjoim pode ser substituído pelo sal em magia que visem a purificação.

* A sanguinária (flor) pode ser substituída por cevada em magia de proteção.

* Agerantina (snakeroot) pode ser substituída por pimenta da jamaica em magias para atrair sorte.

* Trillium (flor) pode ser substituída por amora preta em magias para atrair dinheiro.


           

Criando e Arquivando Rituais e Magias

livro das sombras

Quando você já tiver estudado o suficiente para compreender os símbolos e representações, as interações e correspondências, as divindades, os tipos de energias e etc, poderá começar a criar seus próprios rituais e feitiços. Ou simplesmente adaptar procedimentos que já existam às suas necessidades pessoais. E sim, tudo deve ser anotado no seu Livros das Sombras, todo o caminho trilhado desde a ideia primeira até a realização do trabalho mágico.


Embora o processo criativo possa ser (e quase sempre é) meio caótico e as anotações possam ficar confusas, tem um momento em que a gente chega no ponto desejado e realiza a magia. Depois disso, eu costumo anotar tudo de forma ordenada com o propósito de manter um arquivo do que foi feito e os resultados obtidos. Esses arquivos eu organizo da seguinte forma:


1. Nome do Ritual ou Magia e seu objetivo;

2. Data, local, hora terrena e hora mágica, configurações astrológicas e todas as demais correspondências usadas;

3. Nome das divindades, dos guias espirituais, das energias, etc que atuaram no trabalho mágico;

4. O passo a passo: lista de material e como fazer o ritual ou magia;

5. Relato de como as coisas aconteceram, se algo pode ser aperfeiçoado, se tudo correu como esperado, impressões, intuições, sensações, etc. 

6. Passado o tempo devido eu anoto e faço um balanço dos resultados obtidos; assim tenho controle daquilo que deu certo ou não e do que posso ou preciso modificar ou aperfeiçoar para otimizar os resultados desejados.


Espero que essa sugestão de organização possa ser útil à você. 
Até a próxima!


escrito por Nina Drabardi


   



Banho de Ervas Equilibrante

banho de ervas


O banho de ervas que trago hoje é eficiente para ajudar na manutenção do equilíbrio das energias dos nossos corpos, o denso e os sutis. Mantendo-nos energeticamente equilibrados, esse banho também  contribui para a proteção da nossa saúde.






Você vai precisar de:

• 1 punhado de lavanda;
• 1 punhado de camomila;
• 1 punhado de manjericão roxo;
• 1 punhado de alecrim;
•  pétalas de uma rosa branca.


Modo de Fazer:

Ferva um litro de água mineral. Apague o fogo e acrescente as ervas. Tampe. Espere até atingir a  temperatura ambiente e coe. Após o banho normal de asseio,  derrame o banho de ervas, lentamente,  do pescoço para baixo enquanto mentaliza sentir-se equilibrado e saudável. Não use a toalha, deixe-se secar naturalmente.


Observações:

Experimente esse banho antes de dormir e, se possível, faça um período de meditação logo após. Os resultados são ótimos. Se você dispor de uma banheira, dobre as quantidades indicadas e misture o banho de ervas à água da banheira; relaxe e medite aí mesmo; porém, você deverá tomar um banho de asseio antes.  Evite fazer durante a Lua Minguante.



escrito por Nina Drabardi


    

Pedindo Proteção à Deusa Durga

pedidndo proteção à deusa durga


Durga é uma Deusa Hindu muito poderosa e complexa que nos protege contra o mal e a miséria. 

Se você não sabe muito sobre ela, pode aprender um pouco clicando AQUI.  Se quiser se aprofundar bastante sobre Durga, há um excelente artigo, em inglês,  neste link

A figura ao lado explica os símbolos que Durga usa.






Você vai precisar de:

1 imagem da Deusa Durga;
1 vela amarela ungida com óleo de aroma floral;
1 incenso floral.


Como fazer:
Acenda a vela amarela e o incenso perto da representação de Durga. Caso você não tenha uma estatueta, pode escolher uma imagem bacana na internet, imprimir e usar. 

Relaxe, concentre-se e diga o seguinte:


"Deusa Durga, vigilante guardiã, proteja-me com o Poder da Verdade, com a Espada da Justiça e com a Luz da Decência afastando todo mal e toda enfermidade de minha vida, orientando meus caminhos e intuindo minhas escolhas. Que assim seja!"


Agradeça, apague a vela (sem soprar) e a guarde com cuidado.  Você pode acender essa vela sempre que se precisar da ajuda de Durga. Quando a vela acabar, substitua por outra mas não esqueça de fazer a unção. O incenso deve queimar até o fim. Você também pode fazer essa oração em benefício de uma pessoa que esteja precisando de auxílio.


escrito por Nina Drabardi


     

Limpando o Espaço Sagrado

espaço sagrado
É bem provável que você realize seus estudos e práticas num determinado lugar que normalmente chamamos de Espaço Sagrado. Pois bem, é importante que este local seja mantido limpo fisicamente e energeticamente. Vamos ver como fazer; é simples.

Com relação à  limpeza física não tem mistério. É o normal: varrer, tirar o pó, etc. De preferência faça você mesmo a limpeza do local, evite que outra pessoa faça essa  faxina por você.

A limpeza energética deve ser feita de tempos em tempos, isso vai variar de acordo com a sua sensibilidade; vai depender se muitas pessoas transitaram por ali ou não, do tipo de magia que você praticou, etc. Contudo, aconselho que, no mínimo, uma vez a cada lunação a limpeza astral seja feita.

Queimando um incenso de sálvia, olíbano ou palo santo, dê quatro voltas no sentido horário, começando pela porta de entrada do local, deixando que a fumaça  se espalhe por todo o espaço. Dê especial atenção aos "buracos" como portas, janelas, lareiras, basculantes, claraboias, etc. Detenha-se em cada canto. Se tiver um altar montado, incense com cuidado e dedicação.  Faça com calma e mantenha-se focado. 

Enquanto está incensando o espaço diga repetidamente: "A fumaça do bem protege e purifica meu espaço sagrado   dissipando o mal e limpando o astral."

O incenso restante deve ser deixado no ambiente até terminar de queimar.


escrito por Nina Drabardi