quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Óleo da Lua Cheia

óleo da lua cheia

Num vidro pequeno e escuro misture e deixe descansar à luz do luar o seguinte:

5 gotas de óleo de sálvia;
2 gotas de óleo de baunilha;
1 gota de óleo de jasmim,
1 gota de óleo de rosa 
15 ml de óleo de amêndoa doce


Esse óleo, que deve ser preparado no dia de Lua Cheia,  serve para a unção das velas quando for realizar feitiços lunares, especialmente, as magias de amor. Você também pode usá-lo sempre que precisar da energia da Lua.




A Magia dos Alimentos

cozinha da bruxa magia no dia a dia


A magia está em toda parte e tudo tem alguma propriedade oculta que pode ser usada. Os alimentos não ficam fora dessa. Então, que tal aproveitar essas propriedades na magia e na cozinha? Alguns exemplos:






 

Amêndoa - dinheiro e sucesso

Maçã - saúde e prosperidade

Abacate - beleza exterior

Banana - fertilidade e prosperidade

Cereja - sexualidade feminina

Beterraba - aterramento

Feijão - saúde e prosperidade

Castanha de Caju - atrai dinheiro

Tâmara - fertilidade e energia

Ovo - recomeço, quebra de paradigmas, fertilidade

Peixe - percepção psíquica e energia

Uva - insônia

Alho - proteção e purificação

Mel - amor e serenidade

Laranja - sorte e sucesso

Limão - usado para zerar uma situação, limpeza

Arroz - comprometimento e fertilidade

Cogumelo - revela segredos, dá novas ideias

Romã - fertilidade e riqueza

Tomate - amor, abundância

Nabo - proteção, aterramento

Trigo - renascimento, rejuvenescimento

Baunilha - paz de espírito

Cenoura - sexualidade masculina, fertilidade


escrito por Nina Drabardi    


       

Ponche Romântico

cozinha da bruxa


Hoje temos uma receita muito saborosa para ser degustada com aquela pessoa especial. Concentre suas energias de amor e amizade na bebida que irá preparar.  Afinal, o amor e a amizade são a chave de um relacionamento saudável e duradouro.






Você vai precisar de:


  • 1 litro de vinho tinto suave;
  • Alguns morangos cortados em rodelas;
  • 1/2 maçã vermelha pequena cortada em cubinhos;
  • 1/3 abacaxi cortado em triângulos;
  • Um pouquinho de canela;
  • 2 cravos da índia;
  • Açúcar a gosto;
  • 1 vela cor de rosa;
  • 2 rosas vermelhas.



Preparo:


Coloque todos os ingredientes numa panela de ferro (preferencialmente) e leve ao fogo. Após abrir fervura, deixe mais três minutos e desligue o fogo. Pode ser consumido quente ou gelado. Você escolhe.



Quando for servir o ponche acenda a vela cor de rosa ao lado das rosas vermelhas e aproveite o momento ao lado de alguém que seja especial para você.
 
Não esqueça de preparar a vela! A unção da vela cor de rosa deverá ser feita com um pouquinho da bebida que você preparou. 





Entenda o simbolismo contido no preparo desse ponche:


O vinho simboliza o prazer e o sagrado.

O morango representa o masculino, logo deve ser cortado em rodelas fazendo uma referência ao feminino.

A maçã representa o feminino, é cortada em cubinhos para fazer uma referência ao masculino.

O abacaxi representa a amizade e a hospitalidade é cortado em triângulos para representar a espiritualidade (a comunhão espiritual é importante nos relacionamentos).

A canela traz sensualidade, o cravo traz prosperidade e o açúcar traz alegria ao relacionamento.

A vela cor de rosa representa a energia dos quatro elementos (entenda) aliada à energia do amor puro e incondicional.

As rosas vermelhas representam a paixão, o desejo.



Um detalhe: acrescente uvas à receita caso deseje trabalhar também a fertilidade.

Lembre-se: cozinhar é um ato de amor e o amor é a maior magia de todas. Estude os alimentos, conheça suas propriedades mágicas e faça pratos encantadores!



escrito por Nina Drabardi



        

A energia das cores em suas roupas

como escolher a cor da roupa
Use a energia das cores a seu favor, no seu dia a dia! Na hora de escolher a roupa que vai vestir pense naquilo que deseja ou precisa para que seus momentos sejam mais proveitosos. Faça a combinação certa de cores; otimize a vida! Dá uma olhada na lista abaixo, não custa lembrar...



 
 xfdg


Branco:
Clareia as ideias e afasta os pensamentos nefastos. Estimula a calma e a paciência. Dá tranquilidade para realizar tarefas que requeiram atenção extra.

Amarelo:
Aumenta a memória, a inteligência e a concentração. Estimula a criatividade e a inspiração. Dá força de vontade, confiança e estabilidade.

Azul:
Proporciona paz de espírito, esperança e cura. Estimula a paciência, a lealdade e a verdade. Ajuda na meditação, no sono e traz bons sonhos.

Verde:
Atrai o otimismo, a prosperidade e a abundância. Estimula a fertilidade, o rejuvenescimento e a cura. Ajuda a conexão com a Natureza e o meio ambiente. Favorece o crescimento individual. 

Vermelho:
Faz brotar a energia primal. Estimula a determinação, o poder e a sedução. Abre o apetite. Favorece encontros amorosos. Ajuda a tomar decisões.

Roxo:
Ajuda na abertura do terceiro olho, facilita entrar em estado meditativo. Favorece estudos relacionados a espiritualidade, desenvolve a sabedoria e faz aflorar potenciais psíquicos.

Rosa:
Desenvolve energias femininas. Estimula a compreensão, a caridade, o amor ao próximo. Dá bom humor e leveza para encarar a vida.

Laranja: 
Desenvolve a coragem e a assertividade. Estimula relações sociais e amizades. Dá direção e foco para a realização de tarefas. Atrai o sucesso.

Preto:
Realça os aspectos de formalidade. Dá elegância e autoconfiança. Ajuda a impor respeito. Proporciona a sensação de segurança e autoconfiança. Estimula a sensibilidade e a percepção.


escrito por Nina Drabardi


  

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Oração à Mãe Terra

oração à mãe terra

Magia do Ar por você e por todos

magia com o elemento ar
Hoje veremos uma magia muito simples que coloca em prática o velho ditado que diz que "devemos fazer o bem sem olhar a quem".  Tenha em mente que o pedido deverá ser feito não só para você mas para toda a coletividade. Não é um pedido egoísta, é um pedido que deverá ser compartilhado, multiplicado e mentalizado em prol de todos que tenham a mesma necessidade que você.



O trabalho mágico será feito com a energia do Ar e para isso você vai precisar de:

- um dia de sol que tenha alguma brisa ou vento soprando;
- período de lua crescente ou cheia;
- fósforos;
- seu caldeirão ou algo equivalente (resistente ao fogo);
- um punhado de talco com aroma floral;
- um pouquinho de canela em pó;
- um papel no qual você escreverá a lápis, uma palavra, que represente o seu desejo (trabalho, paciência, saúde... é para ser algo genérico mesmo).



Coloque o talco e a canela no fundo do caldeirão e sobre o eles, o papel com a palavra que representa o seu desejo. Coloque sua mão projetiva sobre o caldeirão e visualize, alternadamente, uma luz dourada e depois uma luz prateada saindo de sua mão e energizando o conteúdo do caldeirão. Depois, queime o papel e misture as cinzas, o talco e a canela. Sopre a mistura no Ar, aos quatro pontos cardeais recitando o encantamento em cada uma das direções: 


"A magia é para todos 
e pelo Ar benfazejo 
eu espalho o meu desejo.
Determino que seja assim:
recebam também vocês 
o bem que vem para mim:
(diga a palavra que escreveu no papel) ".


escrito por Nina Drabardi



Recarregando Suas Energias

 
Quando você estiver se sentindo desgastado e com a energia em baixa fazer uma limpeza áurica é uma boa ideia. E há um método simples e bastante eficiente, veja só: 

Tome um banho normal de asseio, lavando a cabeça (isso é importante) e durante o banho recite continuamente, mentalmente ou em voz alta , como você preferir, as palavras ao lado. 

Você pode colocar no ambiente um incenso de sálvia branca, sândalo ou rosa branca para queimar.


escrito por Nina Drabardi








     

Prece à Lua Nova

prece da lua nova




Por se tratar da primeira fase do ciclo lunar, a Lua Nova é relacionada às energias de renovação e mudança. É um período introspectivo, bom para orações, meditações, relaxamentos. Aproveite essa fase lunar para repensar seus projetos de vida e pedir proteção e inspiração de como agir para atingir os resultados almejados por você.

As Marés e a Magia do Mar

as marés



As forças da natureza e os fenômenos naturais tem muita importância no estudo e na prática da Magia. Tudo tem significado e correspondência. As marés não poderiam ficar de fora. Então, hoje vamos ver como podemos trabalhar com as marés e como melhor aproveitar suas influências mágicas. Isso faz parte do estudo da Magia do Mar, que é aquela praticada perto dos mares e oceanos  e/ou com coisas de alguma forma relacionadas à eles.






O que são as marés?

As marés são oscilações periódicas do nível do mar que são o resultado da atração do Sol e da Lua sobre as partículas líquidas dos oceanos. Os efeitos dos astros se sobrepõem e o seu resultado é a força que gera as marés. Elas são o pulsar dos oceanos e geram um poderoso fluxo de energia que pode ser canalizado e usado nas práticas de Magia. Normalmente, a maré alta e a maré baixa ocorrem duas vezes por dia cada uma.  Para saber o movimento das marés você deverá consultar uma Tábua de Marés.



A maré alta, preia-mar ou preamar é o nível máximo de uma maré enchente; o máximo que os oceanos se elevam na praia num período de doze horas. É quando a água do mar atinge sua altura mais alta dentro do ciclo das marés. Aparece em azul na tábua de marés. Nesse período qualquer tipo de Magia será beneficiado, sejam magias de atração ou de banimento. A força da maré alta trabalha com qualquer tipo de intenção. 

A maré enchente é o período entre uma maré baixa e uma maré alta sucessivas, quando a altura da maré está aumentando.  Durante essa maré realize magias positivas e de atração, como por exemplo, as relacionadas a amor, fertilidade, proteção, dinheiro, cura, etc.

A maré vazante é o período entre uma maré cheia e uma maré baixa sucessivas, quando a altura da maré está diminuindo. Aproveite essa maré para fazer magias de banimento, de finalização, de destruição, de afastamento, etc.

A maré baixa ou baixa-mar,  é o nível mínimo de uma maré vazante; é quando a água do mar atinge sua altura mais baixa dentro do ciclo das marés. Aparece em vermelho na tábua de marés. Ela não é muito utilizada para fazer Magia, no entanto é um excelente momento para a interiorização, para a prática da meditação e para se conectar com seus mentores. Exercícios de regressão à vidas passadas e viagens astrais também são favorecidos durante esse período.


Como já mencionei, a maré alta é propícia para qualquer tipo de trabalho mágico. Se você tiver uma situação muito importante e quiser usar o poder máximo de uma maré alta, consulte a Tábua de Marés e verifique qual será o dia em que o mar subirá o maior nível em relação à praia... perceba que será durante a Lua Cheia. Escolha esse dia para realizar a Magia desejada. Maré alta no ápice e Lua Cheia no céu, já pensou? Imperdível.


escrito por Nina Drabardi.




Magia para dissipar mágoas

magia no dia a diaImagino que praticamente todos nós já tivemos pelo menos uma situação ou experiência de vida que não foi muito feliz, que não deu muito certo e que, ao findar, nos deixou uma ferida emocional. A magia de hoje visa eliminar esse sentimento nocivo e doloroso: a mágoa.


Você vai precisar de:

* lua minguante num sábado
* uma bacia média (ou algo semelhante) com água limpa;
* caneta hidrocor;
* pedaços pequenos de papel branco;
* óleo de cipreste;
* vela violeta.




Como fazer:

Primeiramente, você deve preparar-se para realizar a magia; escolha um local adequado e certifique-se de que não será interrompido.

Faça a unção da vela violeta com o óleo de cipreste. Se tiver dúvidas, veja aqui como fazer. Acenda a vela.

Despeje na bacia com água limpa, algumas gotas do óleo de cipreste.

Agora, você deve pensar na experiência vivida que lhe deixou mágoas, relembre a situação e em cada pedaço de papel escreva com a caneta hidrocor uma palavra, uma expressão ou pequena frase que tenha a ver com o acontecido. Use quantos pedaços de papel precisar. Você vai escrever as coisas que você precisa eliminar de dentro de si.

Coloque os papéis, um a um na bacia com água e vá mexendo nos papéis com a sua mão projetiva, deixando que todo sentimento de mágoa saia através das pontas dos seus dedos... "despeje" a mágoa na água. Observe as palavras sendo apagadas dos papéis que vão se desmanchando. Enquanto faz isso vá repetindo o seguinte:

"Assim como a lua mingua e some de vista, assim como a água destrói esses papéis e apaga essas palavras, eu elimino do meu coração, da minha mente e do meu espírito toda dor e toda mágoa que essa situação me causou. Assim é. Assim será. Está feito."

Faça isso durante o tempo que achar necessário. 
Deixe a vela queimar até o final.
A água com os papéis desfeitos poderá ser despachada no vaso sanitário durante a descarga.


escrito por Nina Drabardi


    

A Linguagem das Velas

linguagem das velas





Você sabia que as velas tem sua própria forma de se comunicar conosco? Pois é! Hoje vamos conhecer a linguagem desse poderoso e indispensável instrumento de magia que é a vela.


VELA

Vela que não acende logo: Se você estiver rezando ou fazendo um pedido, pode não estar suficiente concentrado. Pode indicar também que o ambiente esteja "carregado" de energias  confusas ou negativas. Nesse caso, torne o astral mais leve acendendo um incenso e colocando uma música suave.

Vela com chama azulada: Seu pedido pode ser atendido, mas tenha calma, pode demorar um pouquinho. Há quem diga que o tom azulado indica presença de anjos e fadas.

Vela com chama amarelada: Tudo certo, bem encaminhado. Continue.

Vela com chama avermelhada: Confie, seu pedido será atendido.

Vela que espirra parafina: É sinal que alguma energia indesejada está sendo expulsa.

Vela que não queima até o fim, mesmo que seja acesa mais de uma vez: É necessário avaliar seu pedido, pode ser que não seja justo ou realmente necessário.

Vela com chama brilhante: Vai dar certo, você terá êxito.

Vela que faísca, solta fagulhas: Estão previstos alguns percalços antes de seu pedido se realizar. Pode ser que apareça alguém para te ajudar.

Vela que chora muito: Você não está preparado ou forte o suficiente. Há dificuldades em realizar seu pedido.

Se há mais de uma vela e todas as chamas estão vistosas: Muito bom, seu pedido será atendido. Mais que isso, você está recebendo uma bênção.

Se a vela queima bonita, por inteiro sem chorar: Seu pedido deverá ser atendido em curto espaço de tempo. A partir desse instante, viva como se já tivesse acontecido.



CHAMA

Chama que cresce e diminui:    Quando esse efeito acontece, pode ser um convite para que você faça perguntas. Crescer significa sim. Diminuir significa não.

Chama em espiral: Cuidado, há interesses contrários ao seu. Alguém pode atrapalhar. Procure se harmonizar e se proteger.

Chama fraca, quase não tem luz: Concentre-se, reforce seu pedido. Empenhe-se para que aconteça. É preciso reavaliar o que deseja. Talvez não esteja vendo a situação do melhor ângulo.

Chama que fica sempre baixa, pequena: Você pode não estar bem ou este não é o momento para se fazer esse pedido. Cuide mais de você.

Chama que aumenta sua luminosidade inesperadamente, sem vento: Você receberá ajuda, mas boa parte do problema é você quem tem de resolver, por esforço próprio. Tem que enfrentar a situação.

Chama que repentinamente se eleva: Um bom presságio, um golpe de sorte. Esteja atento às boas oportunidades que a vida vai lhe oferecer. Se estiver fazendo um pedido, provavelmente a boa-nova será nessa área. 



PAVIO

Pavio se divide em dois: Seu pedido foi feito de forma de forma dúbia. Você não sente segurança. Ou falta de fé. O ideal é refazer.

Ponta do pavio brilhando: Sorte. Bom sinal.

Sobra um pouco de pavio e cera em volta: Repita o ritual. Faça novas orações.



CERA
Quando a cera forma uma "escada" ao lado da vela: Se essa "escada" estiver colada à vela e também for se consumindo, seu pedido está sendo atendido. Se ela se desprende, é preciso tentar novamente.

Quando sobra muita cera esparramada no prato (ou sobre o castiçal): Há muitas energias negativas.  Se ainda tiver pavio, acenda e tente eliminar o restante de cera. Faça uma limpeza energética no ambiente.



     


Como Preparar Poções & Filtros Mágicos

como preparar poções mágicas
Severo Snape,  professor de poções




Ao preparar uma poção mágica é preciso estar atento a certos detalhes na sua formulação.  Primeiro de tudo: as poções devem passar por um processo de cozimento. E mais, para que a poção  fique realmente forte e seja eficaz devemos observar que estejam presentes os seguintes elementos: o catalizador,  o agente ativo, o irradiador e  o potencializador.






Função de cada elemento:

O catalizador é o elemento que deverá unir os demais, sem contudo, lhes macular a essência; como exemplo podemos citar as águas: mineral, rio, chuvas, etc, o álcool também poderá ser usado.

O agente ativo é o ingrediente principal, aquele que terá mais destaque na formulação, pode ser mais de um ingrediente.

O irradiador é o elemento que irá reverberar, irradiar a essência da poção; como exemplo temos os cristais, mantras, encantamentos, etc.

potencializador vai incrementar a força da poção mágica, aqui entra a importância do estudo das correspondências, pois o dia da semana, a hora planetária, as cores, os símbolos, fase lunar, etc, tudo isso usado com sabedoria irá trazer mais força ao preparo.



Observações:

Nem toda poção é para ser ingerida; ela pode ser usada de outras formas e com outras finalidades; exemplos: inalar, espargir, banhar-se, perfumar-se, escalda-pés, etc. Guarde suas poções em vidros, com tampa de cortiça (o ideal), vidro ou de metal.

Se a poção for para uma finalidade atrativa, mexa no sentido horário. Se a poção for com finalidade de banimento, mexa no sentido anti-horário.

Instrumentos que você pode precisar para fazer uma poção: caldeirão, colher de pau, ralador, coador/peneira/filtro de papel, pilão. Não pense que toda poção tem que ser necessariamente algo "do outro mundo", um simples chá é já é uma poção.



Atenção: 

Tudo que foi dito sobre poções se aplica aos filtros. A diferença entre eles é simples: os filtros mágicos, também chamados elixires, sempre são ingeridos e NÃO vão ao fogo.



escrito por Nina Drabardi
     


Mão Projetiva & Mão Receptiva

casal de mãos dadas 



Muitos de vocês já devem saber disso, porém há um detalhe que é sempre bom a gente lembrar: o uso das mãos.

Dependendo do que queremos realizar devemos usar a mão projetiva ou a mão receptiva. Explicando:






Mão Projetiva - É a mão que você mais usa, no destro, a mão direita; no canhoto, a mão esquerda. Essa é a mão que devemos usar quando queremos doar, projetar nossa energia durante um ritual, magia, oração, etc. É com ela que devemos consagrar e energizar os instrumentos mágicos e também enviar energias curativas a quem necessita.

Mão Receptiva - É a mão menos usada, no caso dos destros, a mão esquerda, no caso dos canhotos, a mão direita. É essa mão que usamos quando queremos absorver, receber energia vinda de uma magia, ritual, oração, etc. É com ela que nos conectamos aos objetos ou pessoas para ganhar as energias deles provenientes. É também a mão que usamos para perceber a energia de um objeto ou pessoa.



Caso você seja ambidestro poderá usar como receptiva ou projetiva a mão que desejar, porém, crie um padrão. Determine qual mão irá usar para ser receptiva e qual será  projetiva. Evite ficar mudando de ideia. 



Nos trabalhos em círculos, onde as pessoas fazem uma corrente de mãos dadas, normalmente segue-se o padrão mão direita - projetiva; mão esquerda - receptiva. 

Assim sendo, ao dar as mãos aos companheiros de círculo, sua mão direita ficará sobre a mão esquerda da pessoa à sua direita e sua mão esquerda ficará por baixo da mão direita da pessoa à sua esquerda. Ou seja, você estará doando energia com a mão direita e recebendo energia com a mão esquerda. 

Com o circuito feito  desta forma  a energia poderá fluir harmonicamente.


escrito por Nina Drabardi


      

Como NÃO limpar alguns cristais

o que não fazer com seus cristais
Nem todos os cristais podem ser limpos da mesma maneira. O conhecido método água com sal grosso e sol pode ser um desastre para algumas gemas.

Alguns métodos podem deixar seu cristal com a cor esmaecida, eles podem perder o brilho, serem "corroídos" e até mesmo perderem a rigidez  ou se desmancharem. E alguns cristais são tóxicos logo, cuidado dobrado.

Então abaixo, segue uma pequena lista, exemplificativa,  relacionando o que NÃO fazer com algumas pedras. Espero que lhe seja útil.



Não devem ficar expostos ao sol:

Ametista, Água Marinha, Quartzo Esfumaçado, Quartzo Rosa, Fluorita, Turquesa, Kunzita, Quartzo Verde.


Não devem ser expostos a água:

Howlita, Turquesa, Lápis Lazúli, Pirita, Malaquita, Calcita, Gipsita, Selenita, Dolomita, Enxofre, Cianita, Hematita, Fucsita, Obsidiana, Rodocrosita, Rosa do Deserto, Sugilita, Turmalina.


Não devem ter contato com o sal:

Turquesa, Kunzita, Malaquita, Calcita, Âmbar, Crisocola, Azurita, Dioptase, Topázio Imperial, Opala de Fogo, Opala, Pedra da Lua, Coral Vermelho, Selenita.



Se você tiver algum cristal, não listado acima e ficar em dúvida sobre qual método usar para efetuar a limpeza, siga o mais seguro de todos: a limpeza através da fumaça de incenso (cedro, sândalo, sálvia branca ou ananda) e da visualização.  Não tem erro.



escrito por Nina Drabardi



    

As Rosas e a Magia

as rosas e a magia

As rosas são flores muito populares, fáceis de serem encontradas e cheias de simbolismos. 

Ao usar pétalas de rosas em magias devemos ter em mente a finalidade do trabalho mágico e a partir daí escolher a cor apropriada conforme sugerimos abaixo:




* Branca -  usada em magias que visem reduzir a ansiedade; trazer a paz e a elevação espiritual; facilitar a comunicação com seus mentores e guias espirituais.

* Amarela - usada em magias que visem promover a boa comunicação entre amigos; harmonizar ambientes de trabalho e estudo; incrementar relações sociais.

* Rosa - usada em magias que tenham como finalidade a harmonia familiar; o amor incondicional;  a criação de laços fraternos.

* Vermelha - usada em magias de amor, desejo, paixão e sexo.

* Chá - usada em magias que visem promover a fidelidade e o comprometimento entre casais já formados.


escrito por Nina Drabardi

  

Aromas & Incensos para a sua Mente

incensos 




Hoje, eu compartilho com vocês um resumo, em forma de  lista, com alguns itens da pesquisa que andei fazendo sobre os efeitos e benefícios dos aromas e incensos no plano mental. Espero que lhes seja útil.











ALECRIM - Melhora a memória e estimula o pensamento.

ANGÉLICA - Dá disposição para enfrentar problemas e promove o equilíbrio mental.

ANIS - Revigora a atividade mental.

BENJOIM - Promove a autoconfiança amenizando estados de esgotamento emocional e psiquíco.

BERGAMOTA - Alivia estados de irritação, frustração e tensão nervosa.

CAMOMILA - Reduz a ansiedade a auxilia no sono.

CANELA - Afasta a sensação de fragilidade e dependência.

CÂNFORA - Combate a apatia física e mental.

CAPIM LIMÃO - Tem efeito energizante, ajuda a recuperar o ritmo na vida.

CARDAMOMO - Ajuda a eliminar a confusão mental causada pela fadiga.

CEDRO - Tem efeito calmante e ajuda a entrar em estado meditativo.

CIPRESTE - Purifica o espírito e remove bloqueios psíquicos.

CRAVO-DA-ÍNDIA - Ajuda a combater a depressão e a letargia.

ERVA-DOCE - Dá coragem e força para enfrentar as adversidades.

EUCALIPTO - Equilibra as emoções e clareia as ideias.

GERÂNIO - Combate a ansiedade e a depressão.

JASMIM -  Tem poderoso efeito revitalizador que combate os estados de depressão.

JUNÍPERO - Purifica o ambiente e fortalece o espírito; bom para pessoas que trabalham com cura.

LARANJA - Afasta o tédio e os pensamentos obscuros.

LAVANDA - Estabiliza os corpos físico, etérico e astral dando uma nova perspectiva à vida.

LIMA - Combate a apatia e revitaliza a mente cansada.

LIMÃO - Relaxante, ajuda a por o raciocínio em ordem.

MANJERICÃO - Favorece a concentração, fortalece a mente.

MELISSA - Calmante, ajuda a superar os processos de luto.

MIRRA - Combate a irritação e o desconforto perante a vida.

NÉROLI - Promove a paz de espírito ajudando a combater depressão, ansiedade e estresse.

OLÍBANO - Tem ação reconfortante e ajuda a libertar das amarras do passado.

PATCHOULI - Dá sagacidade, clareza e objetividade ao raciocínio.

PINHO - Afasta a sensação de fraqueza, fadiga e debilidade geral.

ROSA - Afasta sentimentos como inveja, ciúme, ressentimento e mágoa.

SÁLVIA - Acalma os nervos e estimula a memória.

SÂNDALO - Tem efeito sedativo, ajuda pacientes terminais a fazer transição em paz.

TÍLIA - Ajuda nos casos de insônia promovendo um sono saudável.

TOMILHO - Afasta bloqueios mentais e traumas.

VERBENA - Afasta a depressão, revigora os ânimos e as emoções.

VETIVER - Promove o centramento, muito útil para quem precisa falar em público.

VIOLETA - Ajuda a remover ressentimentos e superar decepções.

YLANG YLANG - Promove sensação de bem estar, combate a irritação e o medo.


escrito por Nina Drabardi
Fontes de Pesquisa:
Wylundt's Book of Incense, de Steven R. Smith
A Bíblia da Aromaterapia, de Gill Farrer-Halls
Óleos que Curam, de Wanda Sellar